Nós

Tudo começou no Rio de Janeiro, em um sábado chuvoso no dia 21 de janeiro de 2012, quando dois membros da Quatro Graus foram…digamos, iniciados oficialmente no mundo da cerveja artesanal pelo mestre Botto. Esses dois rapazes que perderam a virgindade cervejeira nas panelas do Botto foram o Marlos e o Luiz. Eles já se conheciam dos tempos de UFRJ, onde se formaram em Biomedicina e Ciências Biológicas, respectivamente. Ambos começaram o mais rápido possível a comprar equipamentos e insumos e, pouco menos de três meses depois, juntaram toda a tralha no apartamento apertado do Luiz para fazer algo histórico. Sim, a primeira brassagem da Quatro Graus foi logo da Black Anthrax, que quatro anos depois se tornou a primeira cerveja produzida em escala industrial pelo grupo. Marlos e Luiz levaram o velho ditado cervejeiro ao pé dá letra, que a primeira cerveja caseira nunca dá errado. Então porque não começar com o pé na porta? Nunca fomos muito de fazer cerveja levinha e esse foi o nosso marco inicial e que guia nossas receitas até hoje.

 

Algumas cervejas caseiras mais tarde, nosso time ainda estava incompleto. Como Marlos e Luiz eram tarados por cerveja caseira, não faziam cerveja apenas em um grupo. Tanto Marlos como Luiz tinham seus grupos separados e no grupo do Marlos um dos confrades era o Marcel, microbiologista, e que como todos aqui trilhou uma carreira científica que só ajudou a dar alegria às leveduras que adestramos com o que saia de nossas panelas. Não é a toa, nem por falta de graus, que “In Science We Trust”.

Participando do movimento da cerveja artesanal, da moda da cerveja caseira, da revolução cervejeira brasileira,  ou qualquer outro nome que esses anos de brassagem tenham, participamos de diversos concursos de associações cervejeiras regionais e nacionais e conseguimos conquistar um espaço no hall dos colegas, amigos e confrades que admiramos e que nos inspiram a fazer cervejas melhores, e cada vez mais extremas. Com isso, além de muito aprendizado, recebemos alguns prêmios com nossas cervejas caseiras em 2013, 2014, 2015 e 2016.

Muitas cervejas caseiras mais tarde, e cada vez com panelas maiores, nós, Marlos, Luiz e Marcel decidimos fechar o time atual da Quatro Graus, buscando levar alegria líquida para mais gente do que apenas os membros da AcervA Carioca. Para fazer isso só virando uma cervejaria de verdade, e, hoje, ciganamente, somos parte da nova cena cervejeira carioca e temos acesso a uma panela algumas centenas de litros maior.

timeQG

Saúde!